INÍCIO ATENDIMENTO Comercial MARKETING
Como a possível compra do twitter pode impactar os times comerciais que utilizam a ferramenta?
Por Lucas Casimiro - Marketing Cloud2b. Há alguns dias o boato de que o Twitter seria vendido começou a rodar pelas redes sociais e pela mídia especializada. O Twitter que não vem bem das pernas há algum tempo e estaria analisando propostas para venda, vindas principalmente de duas gigantes da tecnologia: Google e Salesforce. A Google em uma possível tentativa de entrar definitivamente para o mundo das redes sociais após a empreitada mal sucedida com o "Google plus", que se tornou um gigante cemitério de cadastros sem nenhum tipo de interação. Agora, e a Salesforce? Qual o interesse da empresa na aquisição de uma rede social como o Twitter? Fui atrás de alguns artigos para responder a esse questionamento: "R Ray Wang, principal analyst and founder at Constellation Research, says that for him it’s about the battle for what he calls ‘the relationship graph’ where the consumer graph and the enterprise graphs converge. “This is what made LinkedIn so attractive to both Microsoft and Salesforce. The graph is activated by artificial intelligence (AI) and this is why there is mass interest. Twitter, like LinkedIn, provides a very large and active graph,” Wang explained." Tradução "R Ray Wang, analista principal e fundador na Constellation Research, diz que para ele se trata da batalha de "gráfico de relacionamento", onde o gráfico do consumidor e os gráficos empresariais convergem. "Isso é o que fez LinkedIn tão atraente para a Microsoft e Salesforce. O gráfico é ativado pela inteligência artificial (IA) e é por isso que há interesse em massa. Twitter, como LinkedIn, fornece um gráfico muito grande e ativo ", explicou Wang." (https://techcrunch.com/2016/09/24/why-salesforce-might-be-interested-in-twitter/) A ideia principal gira em torno da Salesforce comprar o Twitter com a intenção de potencializar alguns recursos da plataforma, principalmente do recém-chegado Salesforce Einstein, através da utilização da massa de dados gerada pelos 310 milhões de usuários ativos por mês no twitter. A utilização desses dados permitiria ao Salesforce Einstein dar sugestões mais eficientes e eficazes as empresas, considerando tendências do mercado e últimos acontecimentos. Outros ganhos também aconteceriam normalmente, já que alguns dos serviços de marketing oferecidos hoje, como de listening em redes sociais, publicações e ads, poderiam ser potencializados e melhor explorados. Essa é uma tendência do mercado que podemos observar já na recente aquisição da Microsoft: "We knew that before Microsoft paid $26 billion for LinkedIn, the social network was also reportedly in talks with Salesforce, which ultimately couldn't afford to compete." Tradução "Sabíamos que antes da Microsoft pagar US$ 26 bilhões pelo LinkedIn, a rede social estava em negociações com a Salesforce, que em última análise, não pôde se dar ao luxo de competir." (http://www.businessinsider.com/salesforce-vs-microsoft-for-linkedin-2016-7) A Salesforce já observa a possibilidade de conectar a plataforma com grandes redes há algum tempo e o Twitter apareceu como uma ótima alternativa já que o negócio com o Linkedin não se desenvolveu como o esperado.
Untitled Document
Quer saber mais?

*Por favor, preencha todos os campos.










Atendimento
Comercial
Marketing
HOME NOSSOS SERVIÇOS CLIENTES SEGMENTOS BLOG EVENTOS CONTATO
IMPLEMENTAÇÃO SALESFORCE.COM ATENDIMENTO
INTEGRAÇÃO DE SISTEMAS COMERCIAL
PACOTES DE IMPLEMENTAÇÃO MARKETING
AMAZON WEB SERVICES MELHORIA CONTINUADA ESPECIALISTAS EM CLOUD COMPUTING

São Paulo: Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 489 - Alto de Pinheiros - CEP 05461-010 - Tel.: +55 11 2683.0060 / 3064.0060